sábado, 25 de fevereiro de 2012

Significados diferentes...

Vou continuando esta estrada de pés descalços e corpo estafado. Ou melhor, como se assim fosse. Cada vez me dói mais pisar este chão e ao mesmo tempo continuo a sentir o meu corpo a fraquejar, e como já disse, não por medo, mas por cansaço.
Ao contrário de muitos, não perco tempo a arranjar explicações para nada, ou quase. Posso resumir tudo em poucas palavras, porque se um livro tem de ser lido até ao fim para ser bem compreendido, as pessoas para me perceberem tem de saber as minhas motivações ou reais circunstâncias passadas para poderem dizer ou contradizer qualquer opinião.
 A vida é complicada para quem está disposto a lutar e a vencer. Os restantes que fazem da vida um passatempo, são os que nunca têm objectivos e sonhos a realizar e por isso, nada lhes serve de base. Mas felizmente, diria eu, não há pessoas insubstituíveis nem iguais e para aqueles que continuam a combater e a lutar pelos seus propósitos lembrem-se que se jogarem uma carta que arrase com o vosso jogo, o baralho tem cinquenta e duas cartas e portanto ainda vos resta cinquenta e uma! Há sempre oportunidades de se chegar perto e o recomeço é sempre aceitável para quem o merecer, não seja idiota ao ponto de se deixar tornar poeira, pois a “poeira” é só passageira e ninguém sente a sua presença.
Tudo se pode tornar tão simples, mas é pena ninguém se lembrar do poder que as palavras têm e portanto, as substituem com facilidade.   



"Não há pessoas iguais ou sentimentos iguais. Há novas tentativas, novas formas de descobrir e dar significado a um rosto que era só multidão..."


12 comentários:

Anónimo disse...

Que lindo :)

Anónimo disse...

Gosto principalmente da última parte. (Ana)

Anónimo disse...

Jéss, Jéss ;)
Sou o Tiago

● Jéss disse...

Obrigada ;)

● Jéss disse...

Oh Ana, sabes bem!

● Jéss disse...

Tiago, Tiago!

Anónimo disse...

Sei pois xD <3

● Jéss disse...

Eu sei que sabes, Ana xd <3

Anónimo disse...

Sou eu :D

● Jéss disse...

Sim Tiago, já sei que és tu xd

Anónimo disse...

:D <3

Raquel disse...

Hoje já te senti mais minha, mais animada. Foi bom quando recebi o teu abraço de manhã, e me deste um beijinho, senti-me feliz, tu sabes o que isso significa para mim. Quando me dás a mão e conversas comigo sobre o que te aborrece ou sobre o que se passou. Por mais que isto tudo esteja a ser muito difícil e por vezes parece que os problemas continuam a surgir um atrás do outro, tenho a certeza que vai ficar tudo bem rapidamente. Eu não poderia pedir mais nada para estar feliz, tenho-te a ti e boas pessoas do meu lado. E embora me sinta triste quando tu estás mal, é normal, porque és um bocadinho de mim, pertences-me e sinto-me sempre na obrigação e no dever de te proteger de qualquer idiota. E sabes, eu vou cuidar de ti, como se fosses minha irmã. Não me agradeças por nada, nunca. Amo-te muito e quem tem orgulho em ti, sou eu <3